top of page
Buscar

Plano de cargos e salários e de carreira

Introdução:

Ter claro quais são os cargos e os salários é um processo muito importante para o crescimento da empresa. Enquanto essas informações estão nebulosas, há pouca compreensão do todo e quase nenhuma perspectiva de crescimento dentro do negócio.

Somente com esses aspectos bem definidos que se torna possível montar um plano de carreira para os colaboradores e dar a sensação e a possibilidade de ascensão dentro da empresa. É muito importante que alguém que entre para atuar como júnior saiba que um dia ele possa se tornar alguém sênior, mais ainda, que essa pessoa saiba o que, exatamente, ela precisa fazer para chegar lá.


Registre seus planos em um quadro branco
Registre seus planos física e digitalmente

Fase 1: Definição/compreensão de setores

Definir ou compreender os principais setores da empresa para que ela possa funcionar de uma maneira organizada e funcional é fundamental. Existem áreas que independem do segmento no qual a empresa está inserida, como vendas, marketing, administrativo, etc. No princípio é necessário decidir quais são as mais importantes e depois ir segmentando conforme a necessidade do negócio. Isso vai depender muito do segmento no qual a empresa está inserida.

Fase 2: Descrição de funções

Cada um desses setores precisa ter claro quais são as suas funções que podem ser descritas do mais amplo ao mais específico. Quando a empresa tem isso claro fica mais fácil organizar todas as demandas da área e quantas pessoas são necessárias para fazer com que tudo caminhe de uma maneira organizada e funcional.

Fase 3: Categorias

Cada setor precisa ser pensado de uma forma hierárquica, ou seja, do nível mais básico ao mais avançado. Isso não quer dizer, necessariamente, que o nível mais avançado será o responsável por dizer o que os outros deverão ou não fazer e sim que este deve ser um líder e o responsável por garantir que os objetivos do seu setor estão sendo atingidos. Outro aspecto que torna essa categorização necessária é deixar claro o que um nível mais básico precisa fazer para subir degraus dentro da empresa. Geralmente as categorias de um setor são as de trainee, júnior, pleno e sênior, mas nada impede que eles sejam outros ou que haja muitos mais além destes.

Fase 4: Salários

Para cada setor e categoria se faz necessário pensar em um salário base. Deve-se fazer uma pesquisa de mercado para saber qual a média salarial da categoria e do segmento de mercado. Os valores serão a base da remuneração dos colaboradores. Lembre-se de considerar todos os benefícios, como vale alimentação, vale transporte, etc, e de que você não é obrigado a oferecer apenas a média do salário para os seus colaboradores.


Plano de Carreira


Introdução:

Um plano de carreira é uma das estratégias mais eficientes para aumentar a produtividade e o engajamento dos colaboradores. Quando eles têm clara a possibilidade de crescimento dentro da empresa, seu esforço para atingir os pré-requisitos para subir na carreira aumenta muito.

Este documento tem como objetivo deixar claro quais são as tarefas de cada categoria e o que é necessário fazer para passar de uma função Júnior para uma Pleno, por exemplo.

Fase 1: Descrição de funções

Cada um dos setores e suas respectivas categorias precisam ter claras quais são as suas funções que podem ser descritas do olhar mais amplo ao mais específico. Quando a empresa tem isso claro fica mais fácil organizar todas as demandas da área e quantas pessoas são necessárias para fazer com que tudo caminhe de uma maneira organizada e funcional.

Fase 2: Subindo os degraus

A sensação de crescimento dentro de uma empresa é muito importante para ela funcionar bem. Quando a empresa tem definido o que é necessário para subir de uma função Júnior para uma Pleno, o colaborador sabe o que ele tem que fazer na prática. Importante: não é só questão de entregar além do combinado, trabalhar mais tempo, ou fazer hora extra. Não é isso que irá torná-lo um bom líder, mas o seu conhecimento, o seu perfil, as suas habilidades e potencialidades.

  • O que um colaborador Júnior tem que saber para se tornar Pleno?

  • Como um colaborador Júnior tem que desenvolver para se tornar Pleno?

  • O que um colaborador Júnior tem que estudar para se tornar um Pleno?


Definições estratégicas acessíveis a todos
Registre o Plano de Carreira e deixe-o acessível

Fase 3: Acompanhamento

Não basta que todos saibam o que tem que ser feito se ninguém está acompanhando o crescimento pessoal e profissional dos liderados. É preciso que os líderes observem as pessoas que estão se destacando, aquelas que estão se esforçando para atingir todos os pré-requisitos para ascender profissionalmente. Uma boa opção nesses casos é aplicar avaliações de desempenho, nos quais todos são avaliados e avaliam a si mesmos. Essa avaliação pode dar bons insumos de quem está mais próximo de subir os degraus.


Quer saber mais sobre os outros produtos de pessoas da EYES Soluções? Clique aqui.

Quer saber mais sobre esse produto? Entra em contato conosco: WhatsApp, Facebook ou Instagram.

17 visualizações0 comentário
bottom of page