top of page
Buscar

Como o Golden Circle pode transformar o seu negócio

Você já se perguntou por que algumas empresas se destacam no mercado e conquistam clientes fiéis, enquanto outras lutam para sobreviver? A resposta pode estar em um conceito simples, mas poderoso: o Golden Circle, ou Círculo Dourado.

Neste artigo, você vai aprender o que é o Golden Circle, como ele foi criado, como ele funciona e como ele pode ajudar você a comunicar melhor o seu propósito, a sua missão e os seus valores. Além disso, você vai ver exemplos de empresas que usam o Golden Circle na prática e os resultados que elas obtêm.


O Simon Sinek

O que é o Golden Circle?


O Golden Circle é um modelo de comunicação estratégica desenvolvido pelo palestrante motivacional e consultor de marketing Simon Sinek. Ele apresentou este conceito no TED talks com o título de “Como grandes líderes inspiram ação” ainda em 2009. Ou seja, já é um conceito que percorre o mundo há muitos anos e que somente agora está circulando por aqui.

O Golden Circle é formado por três círculos concêntricos que representam três perguntas fundamentais: por quê, como e o quê. Segundo Sinek, essas perguntas devem guiar a forma como as empresas se comunicam com os seus clientes, colaboradores e parceiros.

  • O porquê é a razão de existir da empresa, a sua causa, o seu propósito, as suas crenças e os seus valores. É o que motiva as pessoas a saírem da cama pela manhã e a se importarem com o que fazem.

  • O como é a forma como a empresa realiza o seu propósito, os seus diferenciais, as suas competências e as suas estratégias. É o que torna a empresa única e relevante no mercado.

  • O o quê é o resultado do que a empresa faz, os seus produtos, os seus serviços e os seus benefícios. É o que a empresa oferece para os seus clientes.


Como o Golden Circle funciona?


Sinek afirma que a maioria das empresas se comunica de fora para dentro, ou seja, começam falando o que fazem, algumas explicam como fazem e poucas revelam por quê fazem. Essa é a forma mais fácil e lógica de se comunicar, mas não é a mais eficaz.

As empresas que se comunicam de dentro para fora, ou seja, começam falando por quê fazem, depois como fazem e por último o que fazem, são as que conseguem inspirar as pessoas e gerar lealdade. Isso porque elas não vendem apenas produtos ou serviços, elas vendem uma ideia, uma visão, uma causa.


Sinek usa a Apple como exemplo de uma empresa que usa o Golden Circle na prática. Veja a diferença entre uma comunicação tradicional e uma comunicação inspiradora:

Comunicação tradicional: Nós fazemos ótimos computadores. Eles são projetados para serem lindos, fáceis de usar e possuem uma interface amigável. Quer comprar um?

Comunicação inspiradora: Tudo o que fazemos acreditamos desafiar o status quo. Nós acreditamos em pensar de forma diferente. A forma que desafiamos o status quo é fazendo nossos produtos muito bem planejados, fáceis de usar e com uma interface amigável. Acabamos fazendo excelentes computadores. Quer comprar um?


Percebeu como a segunda mensagem é mais envolvente e persuasiva? Isso porque ela começa com o porquê, ou seja, com a razão emocional que leva as pessoas a se identificarem com a marca. Depois ela explica como ela faz isso, ou seja, com os seus diferenciais competitivos. E por fim ela mostra o que ela faz, ou seja, os seus produtos.


Sinek explica que as pessoas não compram o que você faz, elas compram o porquê você faz. Isso explica por que os clientes da Apple se sentem confortáveis em comprar não apenas computadores, mas também MP3, telefones e DVR da mesma marca. Eles compram a ideia de desafiar o status quo e pensar de forma diferente.

Representação do círculo dourado

Se você quiser ver o TED talk de Simon Sinek na íntegra, clique no link abaixo:

Como o Golden Circle pode transformar o seu negócio?


Você pode aplicar o Golden Circle na sua comunicação interna e externa, para alinhar a sua equipe, atrair os seus clientes e fortalecer a sua marca. Veja algumas dicas de como fazer isso:

  • Defina o seu porquê. O primeiro passo é descobrir qual é a sua causa, o seu propósito, a sua missão e a sua visão. Pense em qual é o impacto que você quer gerar no mundo, qual é o problema que você quer resolver, qual é a diferença que você quer fazer. Escreva o seu porquê em uma frase simples e clara, que expresse a sua essência.

  • Comunique o seu porquê. O segundo passo é compartilhar o seu porquê com as pessoas que importam para o seu negócio: os seus colaboradores, os seus clientes, os seus fornecedores, os seus investidores, etc. Use o seu porquê como base para criar a sua mensagem, o seu slogan, o seu logotipo, o seu site, as suas redes sociais, etc. Mostre para as pessoas qual é a sua razão de existir e como elas podem se conectar com ela.

  • Viva o seu porquê. O terceiro passo é colocar o seu porquê em prática, ou seja, fazer com que ele se reflita em tudo o que você faz. Crie uma cultura organizacional que valorize o seu propósito, desenvolva produtos e serviços que estejam alinhados com a sua causa, estabeleça parcerias que compartilhem dos seus valores, etc. Faça com que o seu porquê seja mais do que uma frase bonita, mas uma realidade tangível.


Exemplos de empresas que usam o Golden Circle na prática


Além da Apple, existem outras empresas que usam o Golden Circle na prática e se destacam no mercado pela sua comunicação inspiradora. Veja alguns exemplos:

  • Microsoft: A Microsoft é uma empresa de tecnologia que tem como porquê empoderar as pessoas e as organizações a alcançarem mais. Ela faz isso oferecendo soluções inovadoras, seguras e acessíveis para diversos segmentos e necessidades. Ela vende produtos como Windows, Office, Azure, Xbox, etc.

  • Nike: A Nike é uma empresa de artigos esportivos que tem como porquê inspirar os atletas a superarem os seus limites. Ela faz isso criando produtos de alta performance, qualidade e design para diferentes modalidades e estilos. Ela vende produtos como tênis, roupas, acessórios, etc.

  • Starbucks: A Starbucks é uma empresa de cafés que tem como porquê oferecer uma experiência única e personalizada para os seus clientes. Ela faz isso criando um ambiente acolhedor, confortável e diversificado para as pessoas se conectarem consigo mesmas e com os outros. Ela vende produtos como cafés, chás, bebidas geladas, comidas, etc.

Qualquer empresa pode aplicar o Golden Circle?

Sim, qualquer empresa pode aplicar o conceito no seu negócio, independente do segmento de mercado. Mas para que ele seja aplicado da maneira certa é necessário muito amadurecimento das pessoas que dirigem o negócio. Quanto mais autoconhecimento essas pessoas tiverem mais fidedigno será o propósito da empresa e mais as pessoas que trabalham nela irão internalizá-lo. Não basta que os diretores saibam e pratiquem o propósito do negócio, todas as pessoas que trabalham na empresa precisam entendê-lo e vivê-lo no dia a dia.


Por que aplicar o Golden Circle no seu negócio?

Existe uma infinidade de motivos para você aplicar este conceito na sua empresa. Mas o principal deles é impactar positivamente as pessoas, sejam elas clientes ou colaboradores. O resultado disso são pessoas mais engajadas, maiores resultados, mais tempo dentro da empresa, bom clima organizacional, clientes mais fiéis e criar uma comunidade.

As novas gerações não consomem mais de empresas apenas pelos benefícios de seus produtos, ou serviços, mas pelo que a empresa prega, no que ela acredita e o que ela pratica no dia a dia. As pessoas tem deixado de comprar e fazem campanhas contra empresas que praticam ações questionáveis por elas. Outras vezes colaboradores são demitidos quando expõem algo que não condiz com os valores da empresa. Tudo isso deixa claro a importância de ter um propósito, comunicar ele e criar uma comunidade que acredita nas mesmas coisas.

Ao mesmo tempo as pessoas passam a consumir mais de uma empresa quando elas passam a ter políticas com as quais elas se identificam. Nossa sociedade está passando por um momento de grandes mudanças em relação a forma como ela se organiza e isso traz diversas mudanças na forma como fazemos as coisas. Admitir um erro e buscar soluções reais para contorná-los pode fazer com que mais pessoas se aproximem do negócio. Porém, essas mudanças não podem ser da boca para fora. Elas tem que ser reais, legítimas, ou cedo ou tarde a máscara vai cair.

Como fazemos as coisas na EYES?

Todo o trabalho realizado pela EYES Soluções tem como sustentação o trabalho realizado na área de pessoas, mais precisamente na identificação e materialização do propósito do negócio. TUDO começa por aí. A partir do propósito fica mais claro qual é o objetivo do negócio e onde ele quer chegar. Com base nele construímos toda a jornada física e digital da empresa.

É a partir desse trabalho inicial que conseguimos, por exemplo, construir um processo seletivo que avalia a afinidade cultural do candidato com a empresa ou com a vaga em aberto. Outro exemplo, é com base nesses conceitos que estruturamos toda a estratégia de marketing da empresa. Essa estratégia envolve comunicar para as pessoas quais são os valores e as atitudes importantes para o negócio. Isso aproxima mais e mais pessoas que pensam de maneira parecida com ela e as façam consumir conteúdo, produtos e serviços ou até mesmo querer fazer parte do time.

O propósito do negócio pode, inclusive, auxiliar na organização dos processos do negócio. Uma vez que temos claro o objetivo central do negócio todas as estratégias que o envolvem tem conexão íntima com esses conceitos. Tanto que o propósito da EYES é “Fazer com propósito” e, no nosso caso, o propósito é o dos nossos clientes. Isso mesmo. Tudo o que fazemos para cada um deles está intimamente conectado com o propósito do negócio de cada um!

O que achou deste conteúdo? Ele fez sentido para você? Ficou com dúvida? Vamos marcar um café para conversar!

44 visualizações0 comentário
bottom of page