Buscar
  • Eyes Soluções

SaaS, você usa e talvez nem tenha percebido


Software as a Service significa software como um serviço, ou seja, é uma ferramenta digital que uma pessoa ou empresa pode utilizar para solucionar um problema que ela possui no seu negócio, para agilizar um processo, ou ainda automatizar um trabalho manual, são infinitas as possibilidades. Vale lembrar que o termo software se refere a qualquer programa ou ferramenta utilizado em um computador pessoal.





Explicando em outras palavras é um serviço prestado através de um software desenvolvido por uma empresa e que busca resolver uma ou mais dificuldades latentes dos negócios. A ideia desses softwares, geralmente, é resolver um problema de um segmento, ou encontrar soluções para o mercado em geral, quanto mais problemas ele resolver, independente do segmento de mercado, maiores serão os resultados para quem o desenvolveu.


Pode resolver, também, pequenos problemas do dia a dia da empresa, ou mesmo de uma pessoa, de forma gratuita, como fazem os encurtadores de URL, os compactadores de arquivos, ou até mesmo os famosos QR Codes, por exemplo. Sim, esses serviços também são considerados SaaS.


Por que o mercado tem optado por essas soluções?

São dois os principais pontos que tornam os serviços prestados por software diferentes de outras soluções e que fizeram com que a busca por eles aumentasse muito.


O primeiro diz respeito à antiga forma de contratação das ferramentas num contexto geral, a qual amarrava o cliente em um contrato anual e cobrava taxas de licenciamento e de manutenção. Imagina a quantidade de ferramentas que a empresa precisava contratar para agilizar os seus processos e resolver as dores do dia a dia e o custo de manter tudo isso funcionando.


A segunda questão era a necessidade de instalação dessas ferramentas nos computadores da empresa e junto a isso a necessidade de atualização e manutenção em todas elas. Nada disso é mais necessário quando estamos falando das SaaS, a grande maioria delas são acessadas pela web, não há a necessidade de instalação e de manutenção. As atualizações acontecem de forma online, muito mais rápido e acessível.


Ou seja, são serviços sem amarração de contrato, de fácil acesso e com menores custos para as empresas.


Quais as vantagens de um Saas?

São diversas as vantagens de se contratar uma Saas e a mais óbvia é o menor custo de utilização.


Sem a necessidade de instalação presencial, de manutenções e de atualizações periódicas na empresa o custo dela diminui bastante. Você pode estar se perguntando: “Quer dizer que essas ferramentas não se atualizam? Você contrata e é aquilo ali que você terá para sempre?”.


Não é bem por aí. As ferramentas seguem evoluindo e se desenvolvendo, a diferença é que como elas são utilizadas via web, a sua hospedagem está na nuvem. Vamos explicar: o seu armazenamento acontece na rede virtual da internet, por empresas que prestam esse tipo de serviço, como a Amazon, por exemplo.


Dito isso, vamos para outra vantagem: atualizações automáticas. Elas acontecem direto no banco de dados armazenado na rede virtual da internet, sem a necessidade de manutenção. Além disso, estar armazenado na nuvem possibilita que a ferramenta seja acessada de qualquer lugar com acesso à internet. Ainda mais, em qualquer dispositivo, como o computador pessoal, o celular ou o tablet.


Outras duas vantagens que merecem destaque são a possibilidade de customização dessas ferramentas para melhor atender às necessidades e especificidades de cada negócio. Além disso, os serviços de software estão sempre em busca de parcerias que façam sentido para a sua solução e possuem uma programação facilitada para receber integração de outras ferramentas que possam complementá-la.


Quais as desvantagens de um Saas?

Alguns problemas simples, porém muito comuns, podem atrapalhar a utilização de um SaaS, como é o caso de ficar sem acesso à internet. Ao mesmo tempo que isso pode ser uma grande vantagem pode, também, ser uma grande dor de cabeça dependendo de onde a empresa se localiza e quais são os serviços de internet da sua região. Quando a ferramenta é instalada, apesar das outras desvantagens que já citamos, este não seria um problema.


Outra questão que pode gerar incômodo é a incompatibilidade da ferramenta com o navegador que a empresa utiliza. Apesar de ser algo simples de resolver, muitas vezes, o usuário perde bastante tempo até entender que é este o problema. Por fim, o que gera mais dúvidas em relação aos serviços em nuvem é a segurança sobre o uso dos dados da empresa ou das pessoas que utilizam a ferramenta, mesmo que existam inúmeras leis internacionais para proteger os usuários do compartilhamento e armazenamento de seus dados.


Quais os SaaS mais usados do mercado?

Você sabia que você utiliza diversos Saas? Isso mesmo. Muitos serviços que você utiliza no seu dia a dia são considerados SaaS, mesmo na sua própria casa.


A Netflix, por exemplo, é um Saas, ou seja, um software as a service que você contrata mensalmente e pode cancelar a hora que quiser. Enquanto você paga tem acesso à diversos filmes, séries e documentários para usufruir. Assim como qualquer outro serviço de streaming que você possa utilizar.



Plataformas e aplicativos de e-commerce, aquelas que você utiliza para comprar qualquer coisa online, como Magazine Luiza, ou Shopee também são SaaS. As plataformas de ensino, ou E-learning, como as aulas EAD que também podem se utilizar de recursos de softwares como um serviço. Enfim, são infinitas as possibilidades de utilização de um SaaS.


Até mesmo ferramentas para recrutamento e seleção, como o SolucioneRH são consideradas um SaaS. É um serviço oferecido através de um software que tem como objetivo auxiliar na contratação de pessoas. Resolve, além disso, problemas de armazenamento de dados e a automação de processos manuais e passíveis de erro humano.



E aí? Gostou do conteúdo? Quer saber mais? Deixe um comentário!


E não esqueça de nos siga no Facebook, Instagram e LinkedIn..


Fontes: Rock Content e Snov.io.


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo